rua prof. hugo mielli, 338

presidente prudente, sp

vila charlotte | 19015-640

contato@escolaabertanogalpao.com

+55 18 3928 1285

Siga-nos nas redes sociais
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Cinza ícone do YouTube

barreiras urbanas | gente que transpõe 

Em Presidente Prudente a zona leste, conhecida por suas divergências sociais e localização privilegiada foi o alvo deste projeto, pois por meio da análise de diversos fatores atinentes à essa população, foi possível descobrir quais fatores, referentes ao urbano, são causadores ou precursores da exclusão urbana e social ali existente e assim traçar um desenho urbano capaz de resolver ou minimizar as barreiras urbanas e sociais enraizadas nessa região. 

concepção Vinicio Borges

2015

Assim, a dinâmica dos bairros periféricos mostrou em sua essência, os atores sociais que sobrevivem e contracenam nesta realidade, segregados físico e socialmente numa cidade desigual com suas barreiras urbanas. Desse modo o projeto promoveu a integração das duas porções da cidade, tão próximas espacialmente mas tão distantes cultural e socialmente. Transpor a barreira se ocupando dela e tirando proveitos de suas estruturas foram as diretrizes dessa intervenção urbanística, revelando as diversas espacialidades e composições existentes. 

As proposições da  intervenção também teve como partido determinado, um não oneroso ou  megalomaníaco projeto arquitetônico–urbanístico, mas em readequações de usos, ocupação de vazios, acessibilidade universal e o principal deles: liberdade da cidade. Transpassar a barreira urbana é um ato de revolução, quando se esta do lado de lá! Transgredir os paradigmas da sociedade local, ocasiona na liberdade daquele que passara tanto tempo escondido. Ganhar o centro, os parques das cidades, os shoppings centers, academias e clubes é envolver a sociedade citadina num emaranhado, belo e complexo, de diversidades. A cidade somente se faz humana e urbana quando coopera para que os seus distintos cidadãos

Orientação
Rogério Penna

Alcance de Público
500 pessoas

Acesso
http://goo.gl/24uilg

@pedrokok