galpão.jpg

 

festival sexta no galpão l arquitetura e urbanismo 

2022

arquitetura e urbanismo

Rogério Quintanilha

conversa com

Fabrício Forganes

         

​ 27 | maio | 2022

fabrício.jpg
rogério.png
sexta no galpão 03 -arquitetura e urbanismo.png

o programa

 

o festival sexta no galpão tem como objetivo abordar temas relativos à cultura, arte, cidades e os modos de ser e viver na contemporaneidade, promovendo o encontro entre especialistas de determinadas áreas do conhecimento para debaterem entre si e com o público.

No ano de 2022 serão realizados 08 encontros digitais e gratuitos com o tema: 

DIÁLOGOS CONTEMPORÂNEOS NO INTERIOR PAULISTA: 

INTERFACE TERRITORIAL DA CULTURA 

o que vamos conversar?

A história oficial do Brasil desde o final do século XX está sendo revisitada, especialmente nos capítulos que abordam questões ligadas à identidade nacional e ao mito da democracia racial.

Entretanto, a reparação no espaço urbano não acontece simultaneamente, haja vista todos os conflitos mais recentes acerca dos monumentos, bem como a articulação de diversos grupos minorizados pelo resgate de sua história no espaço urbano.

O encontro dos nossos dois convidados se ancora nas reflexões destes acontecimentos ocorridos na escala metropolitana, objetivando promover o despertar para ações no panorama urbano na perspectiva regional.

os convidados

Rogério é arquiteto e urbanista, mestre pela UFSC, doutor e pós-doutor pela USP. Foi professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Tem experiência na área de História e Teoria do Urbanismo, Projeto de Arquitetura e Urbanismo e Cidades Novas. Dirige o podcast CIDADES VISÍVEIS e atua como docente na UNESP.

Fabrício é arquiteto e urbanista, mestre pela FAAC/UNESP, membro do grupo de pesquisa “Barroco-Acú: a América Portuguesa na Geografia Artística do Sul Global” na FAU-USP; e no projeto “Mapeamento de Terreiros Kongo/Angola” pelo Instituto ILABANTU. Ministra cursos no Museu de Arte Sacra de São Paulo. Sua pesquisa pauta na presença negra e lugares de memória do catolicismo negro no urbanismo brasileiro.

data

27 de maio 2022

programação

conversa aberta online das 19h00 às 21h00

investimento

acesso gratuito

local 

YouTube da Escola Aberta no Galpão (clique para acessar)

público alvo 

profissionais, professores e estudantes de todas as áreas. 

informações

instagram @escolaabertanogalpao

realização

Escola Aberta no Galpão

organização e curadoria

Edda Provana

produção gráfica

Leandro Mendes

aquarela

Roberto Bertoncini